1 de mai de 2015

Tipos de intercâmbio - PARTE 2

4 - WWOOFWorld Wide Opportunities on Organic Farms (Rede mundial de oportunidades em Fazendas Orgânicas).
Indicado para:
  • Quem quer fazer trabalho voluntário em troca de hospedagem e comida;
  • Adore aprender mais sobre outras culturas;
  • Aventureiros;
  • Que goste de NATUREZA.

A WWOOF tem como objetivo levar voluntários para trabalhar em fazendas orgânicas, em troca de acomodação, comida e aprendizado.
Eles proporcionam o contato entre os voluntários e os donos das fazendas, mas os voluntários não recebem dinheiro em troca(obviamente)! Esse não é o objetivo.
O bom é que além de aprender mais sobre a cultura do país, ainda podemos treinar o inglês, economizar e aprender mais sobre permacultura.
O trabalho dura cerca de 4-5 horas por dia e o serviço pode variar, desde plantar árvores, a aprender mais sobre permacultura, alimentar os animais, e todas as atividades que envolvem uma fazenda.
Esse programa existe em muitos países e eu morro de vontade de viajar através desse site.

experiência de uma pessoa no WWOOF.


5 - Worldpackers - trabalho em hostels.
Indicado para:
  • Mochileiros aventureiros
  • Quem quer conhecer o mundo mas têm o dinheiro contadinho.
  • Que goste de conhecer pessoas do mundo tudo.

Esse é para quem quer trabalhar em hostels em troca de acomodação, e às vezes até mesmo comida e um dinheiro extra.

Você entra no site, vê em qual habilidade você se encaixa, talvez seja ensinar línguas, cozinhar, limpar, enfim, tem várias áreas, tenho certeza que você pode se encaixar em alguma delas, coloca para qual país gostaria de ir, sempre levando em conta preço de passagem e todo o resto, daí então o site vai ver qual o hostel disponível que combina com as suas habilidades e terá o contato voluntário + hostel.
Imagina trabalhar em hostel? Tem lugar melhor para conhecer pessoas do mundo inteiro e ouvir muitas histórias? Nem preciso falar que eu morro de vontade de viajar através desse programa também, né?
O trabalho seria no total 20/25 horas por semana e a sua cama estaria garantida. Quem viaja sabe o quanto gastamos com hostel - quando não achamos couchsurfing, e economizar e ainda ter uma experiencia legal é tudo o que um mochileiro procura.


vídeo explicativo.

6 - Au Pair.
Indicado para:
  • Meninos e meninas que querem morar fora, trabalhar e aprender o idioma do país;
  • Ótimo para quem terminou o colégio e ainda não sabe o que fazer;
  • Pessoas corajosas que aguentem um bom tempo longe de casa;
  • Domínio básico/intermediário da língua do país escolhido.

Eu fui au pair duas vezes e adorei a experiência, é um ótimo jeito de aprender a língua do país e aprender a se virar sozinha  - por mais que você mora na casa da host family, lá fora é você com você mesma.
Muitos países aceitam o programa au pair, como Estados Unidos, Canadá, Holanda, Alemanha, Bélgica, Dinamarca. Para escolher vai depender muito do gosto da pessoa, claro.
Existem muitas agências que podem fazer o intermédio da menina com a host family e até mesmo alguns sites como o APW - onde encontrei a minha família holandesa.
Converse muito MUITO antes de fechar com alguma família, é isso que vai definir se você terá um ótimo ano ou não. Não tenha pressa na hora de fazer o MATCH.


eu, em Washington-DC

Beijo grande e espero que tenha gostado desses seis tipos de intercâmbios.


Um comentário:

  1. Adorei! Fique super interessada nesse intercâmbio em fazendas! Vou pesquisar mais sobre isso pq nunca tinha ouvido falar... Adorei o post, continue postando! Beijo

    ResponderExcluir