5 de abr de 2015

Passo a passo na decisão de ir VIAJAR!

Foto tirada por mim.

Eu sou um pessoa muito sociável - embora goste de ficar sozinha, e nessas minhas conversas e amizades novas, é fácil a conversa ir parar no assunto VIAGEM! Eu tento me controlar um pouco nesse assunto, porque sei que sou muito empolgada, então sempre depende da abertura da pessoa, mas uma coisa que a maioria dessas pessoas têm em comum é: VONTADE de viajar, MEDO da saudade, NÃO saber por onde começar, COMO aprender inglês. Claro que diante desses tópicos a minha empolgação que tento controlar já saiu do controle faz tempo.
Eu adoro ver uma pessoa se empolgar com isso também, adoro pessoas me fazendo perguntas de como ir morar fora, por onde começar, como aprender inglês, etc, e ao mesmo tempo eu entendo todas elas, eu entendo essa vontade do tamanho do mundo e esse mundo de opções do que fazer, e tudo isso acaba nos deixando PERDIDOS! O que era para nos dar um rumo, acaba nos deixando perdidos em meio a tantos tipos de intercâmbio, tantos lugares para ir e valores muito diferentes.
Fiz um passo a passo bem simples de como começar a direcionar esses sentimentos:

1-Pegue um papel.
Não faça isso de cabeça, pegue um papel de verdade, esse vai ser o primeiro passo para você se dar conta do que precisa fazer.

Essa sou eu em meio a decisões e listas.

2-Anote qual o seu foco, por exemplo:
-eu tenho dinheiro, então quero viajar e aproveitar isso. 
-não tenho dinheiro, quero algo que junte viagem + trabalho, assim posso me manter.
-não quero parar os meus estudos totalmente, mas quero conhecer o mundo.
-quero viajar e ganhar muita grana.
-quero aprender inglês e viajar.

Enfim, tente mais ou menos dar uma direção para o que você quer e o que você PODE fazer. Se você não tem muita grana, não adianta escolher o jeito mais caro de sair do país, então com essas escolhas vai ficando cada vez mais fácil ir direcionando o melhor tipo de intercâmbio para você.

3-O que preciso para começar a colocar o plano em prática?
Você vai precisar de AÇÃO para que o seu sonho comece a se tornar realidade, certo? Mas o que você precisa? Anote no papel para que fique claro aonde você tem que colocar a sua energia, por exemplo:
-preciso aprender inglês.
-preciso arranjar um trabalho para juntar dinheiro.
-preciso fazer minha carteira de motorista e praticar (é preciso para alguns tipos de intercâmbio).
-preciso terminar o meu tcc.
-preciso fazer o meu passaporte.

Cada pessoa vai ter uma ou muitas pendências para que enfim consiga embarcar para uma viagem. Não se assuste se a sua lista for grande demais, no final vai ser mais gostoso ainda ir riscado cada item.
Eu precisava aprender inglês, precisava fazer carteira de motorista, terminar o semestre na faculdade e juntar dinheiro! 
Anote todas as suas pendências e coloque toda a sua energia para ir riscado cada uma.

4-Foque no intercâmbio que escolheu.
Leia muito sobre o lugar que pretende ir, veja videos, adicione pessoas, converse, pesquise MUITO antes de bater o martelo e falar: É PARA LÁ QUE EU VOU.
Quando você decidir o que vai fazer, aí você vai passar uma boa parte do seu dia lendo e pesquisando sobre a cidade, sobre lugares, sobre TUDO, e eu acredito que quanto mais você coloca isso no seu dia a dia, mais fácil vai ficar de se tornar realidade.
A decisão para onde ir não vai ser feita de um dia para outro, isso pode levar meses! Antes de eu decidir o que iria fazer, eu tentei outros tipos de intercâmbio, até que tudo me levou a ser au pair, pois tinha o valor perfeito, a melhor forma de aprender inglês e mais alguns prós - e contras também. Mas pesquisei muito várias formas de ir viajar, fui em muitas agências, adicionei muitas pessoas para saber como ela tinha chegado naquele país que eu tinha interesse, 

5-Aproveite.
Aproveite cada dia no Brasil até o dia do embarque. Convide amigos para sair, almoce com a família, tire fotos. Nunca sabemos o que vai acontecer no novo destino. Muitos casam, descobrem uma nova vida e não voltam, então faça novas memórias por aqui, deixe tudo acertado para viajar com o coração tranquilo e aberto para novas experiências.


Eu quero escrever sobre alguns tipos de intercâmbios que eu tenho conhecimento e assim espero plantar uma sementinha naquelas pessoas que ainda sentem medo em viajar ou que não sabem o que fazer. 
Eu quero poder dar uma direção para aqueles que tem a vontade chamada MUNDO.


Nenhum comentário:

Postar um comentário