21 de set de 2013

E agora?

Eh um risco escrever esse post, mas eu escolho arriscar.

Queria vir aqui contar sobre as boas novas, contar que estou apaixonada pelos Estados Unidos, e que nao me vejo mais no Brasil.
Eu queria vir contar que esse lugar me tira o folego e que eu vejo poesia em cada esquina.
Eu queria vir dizer que tenho muitas amigas e que espero ansiosamente meu tempo livre para ver todas.
E eu queria dizer que a minha agenda telefonica esta cheia de numeros.
...mas eu nao posso dizer nada disso.

Ja faz quase dois meses que estou aqui, e como tem sido dificil....mais do que eu imaginei que pudesse ser.
Tem algo estranho, nao consigo ver beleza em nada, parece que tem um vidro embassado na minha frente, e eu tento limpar, tento tento, mas nao adianta, ele fica ali, tirando a beleza das coisas....
Tenho sentido solidao, tenho poucos amigos aqui, sem familia e sem a liberdade que eu estava acostumada a ter.
A familia que eu moro eh otima, melhor impossivel! Sao muito legais comigo, obedecem perfeitamente os horarios de trabalho, me pagam direitinho, mas vida de intercambio eh mais do que  isso, eh o mundo la fora....

Nao sei bem o que esta acontecendo comigo, so sei que nao estou gostando e que estou preocupada. Estou tentando ser forte e interpretar o que sinto, e agradeco algumas pessoas otimas que conheci aqui e que estao me ajudando.

Espero voltar a escrever em breve...











13 comentários:

  1. own beterete! força ai, e já sabe, qql coisa é voltar!
    o objetivo de um intercambio é se conhecer, ser feliz, mas nunca
    tristeza e mal estar contínuo!
    fica bem :***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, ka! vc tem me ajudado bastante.

      eu vou tentar ficar bem, pode acreditar!

      beijo grande.

      Excluir
  2. A minha fase de tristeza veio no meu quinto mês aqui. Eu não queria ficar aqui por nada, não me sentia bem, nem feliz, nem bonita e principalmente, me sentia deslocada...
    Essa fase passou e eu curti bastante os outros 5 meses que vieram. Hoje, aos 10 meses, eu sou feliz por ter ficado, tenho um contrato por mais 8 meses e não é possível dizer que já sou completa. O que me mantém aqui é a certeza de que isso está sendo de grande aprendizado e era meu grande sonho porém, eu conto os dias para retornar e me sentir completa novamente!!
    Continue forte mas, não se sinta triste se resolver jogar a toalha, todos temos o direito de ser feliz e fazer o que parece certo. Permita-se ficar e principalmente voltar...!
    Fique bem!!!

    www.quandofizvinte.com

    ResponderExcluir
  3. Beth, tava ensaiando pra te enviar um e-mail por conta do seu último comentário. Você não pareceu mesmo muito bem, e eu compartilho dessa aflição toda. Então por ora só te desejo muita força, às vezes é uma fase, às vezes é questão de adaptação... já ouviu dizer que os três primeiros meses são os piores? Eu diria que os seis primeiros é que são. Por isso fica calma e acredite que as coisas entram sempre nos eixos, de uma forma ou de outra. Te envio e-mail em breve porque senão fica pessoal demais em comentário, né?

    Um grande beijo, tenho certeza que isso vai passar :)

    OBS.: fotos LINDAS. Adorei. Até mesmo a sua carinha de 'tô bolada'. Sabemos que ela não vai durar pra sempre :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paty!
      Obrigada pelo comentario! Tem sido dificil achar meu caminho aqui, mas vou tentar, jah estou programando viagens e isso me faz super bem!
      O problema eh ser au pair, me sentir inutil e nao ter a minha liberdade. Nao sabia que me faria mal.
      Depois te conto a outra novidade por email, eh que nao posso contar aqui ainda. haha

      Beijos e muita forca para vc tambem.

      Beijo grande aqui do pais chato. hahaha

      Excluir
  4. Beth, eu te entendo c-o-m-p-l-e-t-a-m-e-n-t-e. Era pra tudo dar certo, sem bom, mas mesmo assim nos sentimos sozinhas e fora de lugar, né? Dizem que os primeiros três meses num lugar novo são os mais difíceis, então tente mais um pouquinho. Se depois desse tempo você continuar se sentindo da mesma maneira, pense em fazer algo a respeito. Mas até lá continue lutando.

    beijos e um abraço bem apertado!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eh, toda a minha fase de pesquisas, programacoes, tudo indicava que eu estava indo para o caminho certo e que ao chegar aqui, eu me sentiria super bem...mas infelizmente nao eh tao simples assim!
      Eu vou tentar mais sim!!! Ja estou programando uma viagem para Chicago e para Atlanta, e isso me faz bem, me anima de novo.
      Vou tentar seguir forte!

      Obrigada pelo conselho.

      Beijo e forca para vc tambem.

      Excluir
  5. Puxa, é uma pena que você esteja sentindo isso... As vezes é passageiro ou depende das expectativas...
    Ou então, tem gente que tem uma paixão pela Europa e não pelos EUA e vice versa... espero que você encontre o seu caminho!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou tentar fazer o meu caminho aqui, obrigada!
      Espero logo voltar com posts de viagens e dicas :) enquanto isso vou tentar seguir forte.

      Beijo grande.

      Excluir
  6. Oie!
    Nesse domingo li quase que seu blog todo. Já tinha lido algumas postagens, mas dessa vez comecei e nao tive vontade de parar. Talvez por sua forma de escrever, ou por me identificar com vc em muitos pontos. Ou simplesmente, porque enquanto fiquei 'presa' devorando todo conteúdo que vc desenvolveu com todo carinho - mesmo em meio a falta de tempo - esqueci por minutos dos meus problemas e medos, que acompanham meu processo enquanto ainda estou no Brasil.

    Quis ser Aupair na Holanda, mas acabei optando mesmo pelos EUA pelas inúmeras facilidades. E vi em seu blog muito do que eu teria feito se tivesse ido, há um ano. Conheci Amsterdam por 2 dias e simplesmente me apaixonei... Agora so fica aquele 'arrependimento' que vem seguido por um 'Vamos aproveitar então o que escolhi, vamos pros EUA'.

    Talvez seja so uma fase e logo Você estará vivendo um american dream, como costumam dizer. Talvez nao. Mas, nao se cobre e tampouco fique mal com isso. E' o seu momento! Aproveite-o do jeito que estiver por dentro. Ninguém fará isso por nos!

    Espero vê-la algum momento por aí! :)

    Bjs,
    Aline
    Euvouproseua.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, obrigada por me "ler" e gastar seu tempo em meio as minhas historias. Fico feliz se de alguma forca te ajudou ou deu forcas.

      Espero que seja soh uma fase mesmo, espero MUITO! nao vejo a hora de nao sentir mais isso. Vou tentar ser forte!

      Obrigada.

      O seu blog esta lindo e muito interessante!

      Excluir
  7. Acho que faz parte da adaptação em outro lugar. Ou expectativas demais... mas não desanime, dê chance a sua oportunidade. O que sentimos por um outro local, país vc só vai se dar conta quando não estiver mais nele. Acredite, já estive nisso em dois lugares totalmente diferentes.

    Kisu!

    Kisu!

    ResponderExcluir