19 de ago de 2010

Istanbul.


Turquia - Istanbul.

hostel: Antique Hostel III (ótimo)
tempo: 3 dias.
religião: muçulmana.
língua: turco.
lugares que visitei: Mesquita Azul, Santa Sofia, passeio pelo Estreito de Bosforo, Cisternas, Torre Galata, Obelisco Egipcio, Coluna de Serpentina, Taksim.

Antes de vir pra Europa eu tinha uma lista nada pequena de países que eu queria visitar e Istanbul estava na lista, mas achei que não seria um lugar fácil pra ir, as passagens são caras e achava que não seria legal ir sozinha, mas as coisas se encaixaram de um jeito que fez essa viagem se tornar possivel-ainda bem.
Istanbul é a maior cidade da Turquia e é dividida pelo Estreito de Bosfóro que separa a Europa da Ásia, então é possivel vc atravessar a ponte e ir de um lado pro outro facilmente.
Essa foi a primeira cidade do nosso roteiro, escreverei tudo por ordem.

Primeiro dia: Acordamos cedinho e fomos pro Schipol (aeroporto da Holanda), o nosso voo atrasou um pouquinho, mas nada muito grave.
No avião mesmo já dava pra ir notando uma cultura totalmente diferente, a maioria das mulheres com lenço e algumas poucas de burca e a língua totalmente diferente. Eu e a Ka estávamos levando um lenço na bolsa, não sabíamos exatamente como seria andar num país onde a maioria é muçulmano, então achamos melhor prevenir- mas não precisamos.
O voo foi tranquilo, na hora do pouso todo mundo bateu palmas.rs Agradecendo por estarem vivos.
Chegamos no aeroporto do lado asiático e achamos melhor pegar um taksi (taxi) até o nosso hostel, era meio longinho, cerca de 40 minutos. No caminho já fui reparando na cidade, a loucura do trânsito, buzinas, o calor de cidade grande, mulheres de burca, lenços, mini saia, shorts, todo mundo convivendo no mesmo espaço, com todo o respeito que deve haver.
Foi meio complicado encontrar o nosso hostel, na mesma região tem mais dois hostels com o mesmo nome e fomos em todos até achar o nosso, mas enfim achamos.
Estavamos dividindo o quarto com mais duas pessoas e quando chegamos já conhecemos um deles, o Antonio-italiano, como estavamos morrendo de fome, convidamos ele pra ir jantar em algum lugar,
Nosso hostel ficava em um dos principais bairro-Sultanhanet, da rua ou do terraço era possível ver a Mesquita Azul e a Santa Sofia.
Fomos andando até a rua debaixo, onde tem vários restaurantes e escolhemos um que parecia bacana, um outro cara, também Antonio-alemão, se convidou pra jantar com a gente.
Nossa comida demorou muito pra chegar, até a conta demorou pra chegar.rs, mas foi um jantar gostoso, além das conversas, eu jantei olhando pra Santa Sofia, eu a via tanto em livros de história e pela net e agora estava na minha frente, enquanto eu jantava, que loucura!
Acho que ficamos lá até 01:00, então resolvemos ir dormir pra acordar cedinho no outro dia e ir turistar.

Segundo dia: Acordamos bem cedinho e quando estávamos indo subir pro café da manhã, os dois recepcionistas-Alex e Hur, nos convidaram pra tomar café da manha com eles em algum lugar, nós achamos que eles estavam brincando, então subimos, tomamos o nosso café da manhã e daqui a pouco um deles sobe e diz que estão nos esperando.
Hm?
Bom..os dois eram bem divertidos, então acabamos aceitando e fomos com eles tomar o tal café da manhã. Eles pagaram o transporte até o lugar e pagaram a comida também. Sabe, eu não gosto que paguem as coisas pra mim, mas eu tenho que cair na real, eu sou au pair, eu tenho que aceitar essas gentilezas de vez enquando e vencer o meu orgulho.rs
Os dois queriam passar o dia com a gente e dissemos que o plano era fazer o passeio pelo Estreito de Bosforo, mas um deles não podia pq o passeio durava cerca de 5 horas e ele tinha que voltar pro hostel pra trabalhar.
Sem pensar muito ele ligou pro chefe e disse que não iria trabalhar pois estava muito cansado e ia dormir, algo assim, fácil né?! E lá foram eles pegar as coisas pro passeio e eu e a Ka fomos pegar nossas coisas também e depois nos encontramos na estação.
Eles já tinham arranjado tudo pro passeio, transporte até o lugar de onde o barco sairia e reservado nosso lugar pro passeio.
Compramos cervejas e lá fomos nós .
Foi um passeio muito legal, vale muito a pena fazer isso. Tinha almoço turco incluido, lanche e bebida a vontade.
Paramos pra nadar no Mar Negro, foi estranho nadar num lugar que n da pra encostar o pé, acho que fazia tempo que eu não fazia isso.
Eles colocaram música turca bem alta e nosso barquinho ficou lá parado enquanto nadavamos
Foi bem legal mesmo, nos divertimos bastante, esse dois turcos não param nunca e conhecem todo mundo.
Voltamos lá pelo final da tarde e eles voltaram um pouco antes pro hostel, quando chegamos lá fingimos que não sabiamos de nada.rs
Nos arrumamos e fomos encontrar o Juracy, o couch que nos receberia em Roma, ele estava em Istanbul então aproveitamos pra nos conhecer.
Estava ele e a namorada americana, não tivemos muito tempo pra conversar, pois eles tinham que pegar o trem pra viajar, mas ainda assim deu pra nos conhecer um pouco. Ele nos emprestou uns mapas e guias de Istanbul também.
Depois de jantar com eles resolvemos ir num barzinho fumar narguile e tomar uma cervejinha, claro!
Ficamos lá até tarde e depois voltamos a pé, mas antes demos uma passadinha em frente a Mesquita e a Santa Sofia, lá tem a praça Sultanhamet e fica cheio de gente deitado na grama, bebendo, conversando, até altas horas da noite, bem gostoso.

Terceiro dia: Não acordamos tão cedo, estávamos cansadas do dia anterior e tínhamos muitas coisas pra visitar nesse dia.
Começamos pela Mesquita Azul, lá tem que ir com roupas comportadas, que cubra os joelhos e os ombros, mas caso vc não esteja com roupas apropriadas eles dão lenço pra vc entrar. Como eu já sabia disso, fui de calça e camiseta e levei meu lenço pra cobrir os ombros, tem que tirar os sapatos também.
Lá dentro é lindo!
É a única Mesquita de Istanbul com 6 minaretes e no interior tem azulejos e vitrais lindos.
Depois de lá, atravessamos a rua e fomos na Santa Sofia, lá é preciso pagar 10 euros, mas eu sabia que valeria a pena e valeu.
O interior da Igreja é demais, linda linda! O que eu queria mesmo ver era o mosaico de Cristo, mas lá tinha muita coisa interessante, eu e a Ka ficamos um bom tempo lá dentro, tiramos milhares de fotos e quando vimos a bateria das nossas cameras estavam acabando e ainda era 1 da tarde!
Voltamos pro hostel, deixamos a máquina carregando enquanto almocavamos e depois fomos buscar e fomos visitar a Cisterna de Istanbul, em grego é Yerebatan Saray, é lá que tem as cabeças viradas de medusa e onde foi gravado um filme do James Bond, nome do filme é "Desde Russia". Toca uma música clássica bem baixinha e é cheio de peixes e moedas na água.
Saindo da Cisterna fomos dar uma volta na praça Sultanhamet pra ver o Obelisco Egípcio e a Coluna de Serpentina que era pra ter 3 cabeças de serpentes, mas um polonês bêbado as destruiu. A coluna fica bem no centro onde era o Hipodromo de Constantinopla.
Depois fomos andando até a Torre Galata, isso da uma boa caminhada, mas como queríamos ver mais a cidade e não gastar, achamos melhor ir a pé mesmo e foi uma ótima ideia.
Tem que pagar 5 euros pra subir na torre, eu tinha certeza que seria lindo ver Istanbul lááaa de cima, então pagamos!! A Torre tem quase uns 70 metros e está num morro, então deu pra ver tudinho, todos os principais pontos, um monte de minarete das Mesquitas e aquele monte de terraço que os turcos adoram.
Voltamos de trem até o centro, já estávamos bem cansadas e com fome, mas antes de ir comer, eu queria muito ver uma coisa.
Eu queria ver os dervixes rodopiantes, é uma dança de fundo religioso, onde eles acreditam que é possivel atingir o êxtase girando. Sim, eles ficam girando e girando ao som de uma música, com uns vestido branco rodado, tirei algumas fotos e fiz uns videos, vale a pena ver, é bacana.
Bom....a essa hora já estavamos morrendo de fome, então fomos pra tal rua perto do hostel achar um lugar pra comer e escolhemos um restaurante bem bacana, que dava pra sentar no chão e onde ganhariamos narguile.rs
No meio do jantar socializamos com uns turcos que estavam sentados atras da gente e fomos pra mesa deles, somos muito fáceis né?! rs
Eles eram muito bacanas e em meio a conversas, narguile e cerveja eles nos convidaram pra ir pro bairro Taksim, onde tem as baladas, bares, tudo! O problema é que tinhamos uns 3 euros, mas eles se ofereceram pra pagar taxi, bebida e tudo o que precisar! OPA!
Ok, já que estávamos metadinha fáceis, aceitamos! seja o que deus quiser.rs Mas não somos burras né. antes fomos rapidinho pegar um dinheiro caso acontecesse algo, ou caso eles nos deixassem lá no bairro.
Gente! Aquele lugar é uma loucura, cheio de festas, bares, milhares de pessoas, músicas, loucura.
Fomos em 3 festas, todas lá em cima, no terraço. Eu queria ouvir música turca, mas só tocava música latina, pqp! rs mas ok, tocou umas turcas também, gostei das músicas de lá. Eu sei que a última festa foi num lugar onde tocava rock, e a essa hora estavamos acabadas!!!!
Conhecemos um casal, amigos deles, a mulher do cara disse que estavam procurando uma terceira mulher e que eu poderia ser a terceira! Eu heim! rs Claro, tudo isso brincando.
Eles pagaram taxi de ida, volta e ainda pagaram cerveja. Os turcos são muito cavalheiros, uma beleza e já disse que tive que vencer meu orgulho e aceitar que eles pagassem né?! Era isso ou eu ficava no hostel dormindo e isso eu não ia fazer.
Pra variar, na volta passamos pela Mesquita Azul, tomamos um banho com aquelas coisinhas de molhar a grana e fomos felizes da vida pra nosso hostel dormir, alias, antes eu enchi muito o saco do Hur (o recepcionista), sei que ele tava tentando trocar o lixo e eu e a ka não parávamos de abraçar e encher o saco dele, coitado!
E a notícia boa foi que: não tinha mais ninguém no nosso quarto! Podiamos acender a luz e fazer barulho, eba!

Quarto dia: Era o último dia em Istanbul.
Queríamos ir no Grand Bazaar, mas estava fechado, então resolvemos descansar bem pra ir pra Atenas.
Acordamos tarde, fomos fazer algumas coisas no centro e fomos pro aeroporto.
Estava chegando a vez de Atenas....


PS: Esqueci de falar que na Turquia tem doces deliciosos, mesmo!!!
Eu experimentei alguns, mas o "lokum"foi o meu preferido. Tirei algumas fotos, depois coloco no orkut.
Tem o "baklava"também, é bem gostoso, é uma massa folhada bem fininha.
PS2: A água é muito barata, pagávamos 0,50 liras turcas, ou seja, 0,25 cents.
PS3: Eu AMEI Istanbul, queria poder ficar muito mais tempo lá e viajar pelas outras cidades, lá tem uma energia incrível.
PS4: É muito legal ouvir as 5 chamadas diárias pras orações, é tipo um cara berrando/cantando algo como: uuuulaaah hhhyyauuu! rs









3 comentários:

  1. Fico feliz que vc tenha gostado da sua viagem.
    "Dos livros de história diretamente para a vida real."


    Beijo polenguinha

    ResponderExcluir
  2. Betinha,que saudade de ti!!!Adoro ler tuas histórias e até consigo imaginar tu aí...Sem contar que cada vez que leio uma coisa, me dá uma vontade incrível de viajar, sair pelo mundo!!Fico muito feliz que tu esteja realizando um sonho, vivendo coisas novas, coisas que tu vai levar para a tua vida toda!!
    Aproveita cada minuto aí!!!Te amoooo!!!

    ResponderExcluir
  3. Td bem.. Istambul bacana.. vai pra lista..
    mas quero saber de roma.. historias.. hauahua

    ResponderExcluir