13 de mai de 2010

França.


Enfim fiz minha primeira viagem, mas foi com a host family e isso tem o lado bom e ruim, que falarei logo mais. Fomos pra França, e o planejado era viajar cerca de 13 dias pela Bretagne e Normadie, mas só tínhamos lugar pra ficar durante 1 semana, os outros dias não tinhamos nada decidido, cidade, hotal, nada.
Primeiro dia fomos na Eurodisney e tive uma overdose de Mickey, e é impressionante o tanto de loja que tem em tudo quanto é lugar, pra sair de um brinquedo, temos que passar dentro de uma loja, pra sair de alguns restaurantes também....sempre algo pra comprar. Ainda bem que nunca fui muito fã de princesas, príncipes  michey, e todas essas coisas da Disney, eu ainda prefiro Tom & Jerry e Pica Pau, mas ok...confesso que tem coisas tentadoras lá, mas como sou muito controlada comprei APENAS um chaveiro, juro! Mas é tudo muito bonito, parece um sonho.
Segundo dia eu ganhei dos hosts um tour pra Paris, fiquei feliz, claro! acordei, me arrumei bonita e fui pro lugar onde tinha que encontrar o bus, e quando eu entrei no bus, adivinhem? TOUR EM HOLÂNDES. Tive vontade chorar, ficar dentro de um bus e ainda por cima com informações em dutch? Fiquei irritada de verdade, mas poxa, eu estava em Paris e não podia ficar assim, então me desliguei total do cara tentando fazer o bus todo rir e aproveitei do meu jeito.
O bus parou na frente da torre eiffel e eu deduzi que era pra descer e tirarmos fotos e passear um pouco, e eu simplesmente desci e nem lembrei de perguntar o horário que tínhamos que voltar.
Lá fui eu pra frente da torre, e não cansava de olhar aquela coisa gigante e linda, eu vi tanto aquilo em filmes, fotos, desejei tanto poder estar ali um dia, foi como cair a ficha e dizer: sim, beth! vc está na europa, em paris, na frente da torre eiffel! E assim, distraída e sorrindo que nem uma boba, chegou um menino querendo vender aquelas mini torres e chaveiros, e conversando demais comigo, Ok, sem problemas! conversei um pouco e deu, aproveitei que chegou uma menina pra comprar e fui indo pro bus, e quando olho pra trás vejo o menino do Senegal correndo atrás de mim e dizendo que gostou muito de mim, e me convidando pra ir pra casa dele, pra tomar um café, pra ir pra disney que ele pagava tudo, e quando olho o bus fechou as portas e estava saindo, fui correndo e comecei a bater na porta pra ele parar, depois expliquei que eu não falava dutch, e bom...meu humor começou a melhorar e acabei conhecendo umas pessoas do bus já que teríamos que ficar o dia todo juntos.
Fizemos um passeio de barco- com um VENTO ABSURDO, depois fomos na Sacre Couer, e foi tão lindo, tão lindo...e as pessoas sentadas na escada, escrevendo, desenhando, bebendo, com um olhar tão longe olhando Paris de cima, acendi uma velinha dentro da igreja, tirei fotos do carrosel da Amelie Poulain e foi tudo tão bonito, com fotos lindas.... (que nunca poderei ver)
Tomei meu capuccino num desses bares ali perto e voltei na hora certa pro bus.
No terceiro dia acordei e fui ver minhas fotos de Paris e simplesmente deu erro na formatação da memória e eu acho que perdi todas as fotos e não conseguiria tirar fotos o restante da viagem...demorei uns dois dias pra aceitar que eu não teria recordações de Paris.
Acho que terei que voltar lá...
Dia 05/05 fomos pra uma outra cidadezinha, chamada Chartres, tão bonita! e mais bonita ainda foi a casa que ficamos, adorável! sempre com um quarto só meu, e a vista do meu quarto era um campo de flores amarelas, foi bom acordar, abrir a janela e ver isso.
Depois de Chartres fomos pra Nantes, e jantamos na casa de uma amiga de infância da Z.. Foi um jantar gostoso, com queijos, vinhos (aqui começava o meu gostar de vinhos) e um vinil tocando.
Nantes não me agradou muito, talvez se tivéssemos mais tempo na cidade, eu teria achado coisas bacanas por lá.
Dia 07/05 fomos pra cidade que eu mais gostei, Camaret, é tão bonitinha. Ficamos num hotel com uma vista incrivel.
Jantamos num restaurante muito bom, olhando o mar, comendo ostras, salmão e claro, o vinho! e mais vinho, até que ficamos felizes demais, e descobri que eu e a Z.entramos numa sintonia engraçada quando bebemos demais, uma daquelas pessoas que a gente não consegue segurar o riso, de não poder olhar que logo lembra de algum assunto e começa a rir novamente.rs
Ficamos dois dias nessa cidade, e fomos pra Brest que era ali perto (fizemos um caminho muito lindo...com ruas estreitas, casas de pedra, flores e mais flores), num aquário e numa praia linda.
Dia 09/05 fomos pra Saint Malo...e mais uma vez com uma vista incrível  Dessa vez a vista do meu quarto era uma praia com água azul azul.
Ficamos dois dias nessa cidade, e durante a tarde fomos passear na praia e no outro dia fomos pra Omaha conhecer/ver sobre a guerra que teve nessa (e mais 4) praias.
Dia 11/05 resolvemos voltar pra casa, pois estávamos cansados demais, é difícil viajar com 3 crianças e ficar trocando tanto de cidade e hotel, e como sempre fazíamos algo de tarde, realmente estávamos cansados, e os franceses já tinham nos enchido o saco.
A maioria dos franceses que conhecemos foram estúpidos e nunca procuravam nos ajudar e claro, perguntávamos em inglês e eles respondiam em francês  Até que chegamos a conclusão que é melhor falar holandês port/grego antes, e como provavelmente ninguém fala uma dessas línguas, eles acabam apelando pro inglês, e se vc não falar um inglês perfeito, ajuda! Nunca chegue falando um inglês bom com eles. Claro que também conheci pessoas bacanas.
É engraçado que na França sempre tem alguém andando com uma baguete embaixo do braço e nessa viagem eu comi os melhores croissants (comia isso todo dia), experimentei ostra, lesma do mar, lagosta, vinhos, macaron (delicia), enfim...acho que consegui engordar algumas gramas.
Foi uma viagem bacana, mas realmente ficava triste quando não podia tirar foto de coisas legais, e é dificil viajar com a host family, pq acabamos tendo que fazer tudo o que eles querem. As vezes eu queria entrar em lojas, ou fazer outra coisa e não era possível  mas tudo certo, o bom disso tudo é que fiquei quase duas semanas sem gastar nada, conheci lugares incríveis  falei inglês all the time, e até disseram que meu inglês está melhorando. :)
Assim que o G. gravar as fotos da máquina dele pra mim, eu coloco aqui e no orkut, pra vcs verem as cidades que eu fiquei, as vistas que eu tanto falo e a minha cara de frio em todas as fotos, e sempre com o capuz do casaco...rs não pegamos um dia de sol, todos os dias frios e as vezes chovendo.

beijos.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Foi foda essa onda de frio que atacou a europa logo nas nossas semanas de ferias. Shit. hehe

    Mas tudo bem, suas memorias vao estar lá com frio ou nao, nossa, me deu uma vontade danada de voltar na França, vontade de morrer. hehe


    E desapegue-se de fotos, as coisas mais importante guardamos no coraçao, pode ter certeza. :)

    Feliz pelas suas memórias partilhadas.

    ResponderExcluir
  3. beeeth!!! to adorando ler seu blog, lendo esse post, parecia q eu tava na frança!!!
    hahaha!!! tudo de bom, curta mto td aí!!
    bjaaao nahat!!

    ResponderExcluir